Arquivo da categoria: Nubank

Nubank – Banco digital some com dinheiro de clientes e põe a culpa na Caixa Econômica Federal

David Velez, fundador do Nubank Nubank/Divulgação

Dezenas de clientes da fintech Nubank acordaram na última terça-feira, 7, mais pobres. Segundo relatos de alguns deles, feitos por meio de redes sociais ou do próprio chat do Nubank, até 600 reais sumiram de suas contas depois de um ajuste feito pela fintech. Segundo uma fonte relacionada ao assunto, foram centenas de milhares de reais retirados das contas de clientes do banco digital fundado pelo colombiano David Velez.

O banco se defende e afirma que fez o ajuste por problemas originados na Caixa Econômica Federal. A fintech alega que entre os dias 15 de abril e 10 de junho de 2020, parte dos clientes do Nubank que realizou pagamento de boletos por meio da Caixa Econômica Federal recebeu em sua conta digital uma quantia superior ao valor correto. “O erro ocorreu devido a uma falha no sistema da própria CEF”, diz o Nubank em nota.

“Assim que informado pela CEF sobre a situação, o Nubank, agindo de boa-fé, comunicou seus clientes sobre o equívoco e, seguindo as recomendações da CEF, iniciou o processo de estorno dos valores excedentes de volta para o banco estatal. As devoluções foram suspensas assim que o Nubank identificou inconsistências nos dados fornecidos pelo banco estatal.”

Por fim, a fintech afirma que suspendeu o estorno após detectar imprecisão nos dados fornecidos pela Caixa. Mas não disse ter devolvido o dinheiro aos clientes, que estão, em alguns casos, com seus saldos zerados. “O Nubank lamenta o transtorno causado aos seus clientes e informa que, devido à imprecisão dos dados da CEF, a empresa decidiu reverter imediatamente os valores aos seus clientes mesmo não sendo responsável pela falha. Os clientes afetados já começaram a receber os valores em suas contas. A empresa aguarda esclarecimentos adicionais do banco estatal.”

De acordo com fontes ligadas ao banco, após o Nubank detectar essa “inconsistência” nas informações passadas pela Caixa — nomes que foram relacionados pelo banco público não haviam recebido depósitos —, os procedimentos de estorno foram cancelados e dinheiro foi devolvido para os correntistas.

Golpe de R$ 12 mil – Cliente enviou foto com RG após receber ligação de suposto funcionário do Nubank; criminosos fizeram empréstimo na NuConta

Os golpes que usam o Nubank como isca não ocorrem só na internet: um cliente de 46 anos em Americana (SP) recebeu ligação de um “funcionário” pedindo que enviasse uma foto com RG, pois estariam tentando acessar a conta dele. Então, criminosos fizeram um empréstimo e duas transferências na NuConta, causando prejuízo de aproximadamente R$ 12 mil.

Em 21 de janeiro, o homem recebeu uma ligação via celular de um suposto funcionário do Nubank: ele alegou que precisava de uma foto com RG para atualizar o cadastro, pois o sistema estava com erros e alguém tentou acessar sua conta. O cliente nem desconfiou e enviou a imagem.

Então, na noite de terça-feira (18), o Nubank disse ao cliente que alguém fez um empréstimo de R$ 12 mil na NuConta. Então, esse dinheiro foi transferido para contas diferentes em duas TEDs, uma de R$ 6,3 mil e outra de R$ 5,5 mil. Ele não autorizou nenhuma dessas transações.

O homem recorreu à CPJ (Central de Polícia Judiciária) para que o golpe seja investigado. O caso foi relatado pelo TodoDia e O Liberal, dois jornais locais de Americana, com base no boletim de ocorrência da Polícia Civil.

Nubank diz que devidas providências foram tomadas

Em comunicado, o Nubank afirma que o caso foi tratado diretamente com o cliente e todas as devidas providências foram tomadas. “O tipo de atividade relatada pelo cliente é crime e sempre iremos colaborar com as autoridades competentes para investigar e coibir ações como esta”, diz a empresa.

A fintech também explica que “em nenhuma hipótese fazemos ligações para clientes solicitando o envio de fotos, e nunca pedimos para que os clientes nos mandem seus documentos ou outras informações sensíveis por e-mail”. O envio, quando solicitado, é feito somente através do aplicativo.

Nubank – Banco digital recebe investimento de US$ 400 milhões e já vale mais de US$ 10 bilhões

O Nubank continua crescendo em um ritmo impressionante. A fintech confirmou nesta sexta-feira, 26, que recebeu um novo investimento no valor de US$ 400 milhões, que coloca o valor total da companhia na casa dos US$ 10,4 bilhões, sendo a primeira empresa brasileira a superar a marca dos 10 bilhões por meio de rodadas fechadas de investimentos.

O novo aporte foi coordenado fundo TCV, dos Estados Unidos, que já possui participação em empresas gigantescas do Vale do Silício, como Facebook, Netflix e Airbnb. É a primeira vez que o grupo investe em uma empresa latino-americana, e a ação foi providencial, fazendo com que o Nubank se tornasse a startup mais valiosa da América Latina.

O Nubank está em fase de franca expansão, e o capital ajudará a empresa a manter seu ritmo de ampliação da base de clientes e penetração em outros países. A empresa já possui escritórios no México, onde a oferta de serviços deve começar ainda neste ano, e na Argentina, onde a previsão de lançamento é para 2020.

Além da expansão internacional, o Nubank tem ampliado consideravelmente sua gama de serviços nos últimos anos. A empresa nasceu com seu cartão de crédito sem tarifas, mas aos poucos foi diversificando suas opções: logo surgiu o programa de pontos do cartão, a NuConta, investimentos e empréstimo pessoal. Também é aguardado que dentro de pouco tempo a companhia confirme o lançamento de uma conta digital para empresas.

O Nubank é parte de uma lista bastante restrita de startups brasileiras a receberem o título simbólico de “unicórnio”, como são conhecidas no jargão do Vale do Silício as startups com valor de mercado superior a US$ 1 bilhão. Ao revelar o negócio, o Wall Street Journal chegou a inovar na linguagem, chamando o Nubank de “decacórnio”, que seriam os unicórnios de mais de US$ 10 bilhões.